Linha Cruzada

Liberação do FGTS: Prós e Contras

Publicade em: Jornalismo

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) pode somente ser retirado em ocasiões especiais, dentre elas encontramos casos de necessidade pessoal, urgências de alta gravidade decorrentes de desastres naturais causados por chuvas, inundações, que tenham atingido a área de residência do trabalhador, e quando a situação de emergência ou estado de calamidade pública for assim reconhecida pela portaria do Governo Federal.

Conforme a funcionária da prefeitura de Vila velha, Sheila Carvalho, toda população que teve seu bairro atingido pelas chuvas pode recorrer à liberação do FGTS e também aqueles que não tiveram seus bairros contemplados pelo mapeamento da prefeitura, podem requisitar a liberação, contactando a prefeitura e informando suas perdas através de fotos, vídeos, e pedindo uma avaliação dos danos, caso a prefeitura reconheça os danos a sua rua também será incluída no projeto.

Referente à liberação do FGTS, encontramos opiniões favoráveis e contra o projeto, neste cenário o estudante de direito e contador, Gelson Íris, comentou sobre o projeto:

“A prefeitura permite que o cidadão use os próprios recursos, porque o FGTS, é meu esse dinheiro, não pense que esta ajudando, isso aqui é uma auto-ajuda acho que é uma forma de encobrir o que ela não pode ou não quer fazer, ela libera esse fundo pra tapar o sol com a peneira, porque vai continuar enchendo água.”

Essa é uma das grandes problemáticas em relação à liberação do fundo. Este foi liberado para suprir momentaneamente as perdas dos moradores das regiões que foram atingidas, porém não ajudará nos próximos meses, porque na lei só é permitida a retirada do FGTS uma vez a cada 12 meses, caso chova de novo, aqueles que já retiraram não poderão mais utilizar deste benefício.

Já o auxiliar de serviços gerais Celso Ruan que estava no Ginásio João Goulart retirando seu FGTS, aprova a iniciativa:

Entrevistador – Qual a freqüência de alagamentos no seu bairro e em sua casa?

Celso Juan: Sempre que chove alaga a rua toda, e pelo fato da minha casa ser de eternit, dá vazamento, e nessa chuva de janeiro perdemos muitos móveis.

E – Em relação à prefeitura; assistências; obras em seu bairro.

CJ – É difícil aparecer, demora, só as eleições mesmo para eles pintarem o meio fio.

E – O FGTS ajuda ou não?

CJ – O FGTS ajuda, pois compraremos o que agente perdeu, não é muita coisa mais já ajuda.

E – Pela lei só é possível sacar o fundo uma vez em dentro de 12 meses, caso chova de novo e alague tudo outra vez, o que você faz?

CJ – Ai é só Deus, Deus mesmo.

 

Uma resposta a Liberação do FGTS: Prós e Contras

  1. Pingback: E Vila Velha continua cheia… | Linha Cruzada

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Não existem posts nesta categoria

Rede Cruzada